badge
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007
O meu homem e o meu burro Jeremias


                                

Meus ricos filhos

 
Antes de mais quero pedir muita desculpa por só agora responder às vossas cartas todas que eram tantas tantas que até o pobre do Ti Manuel que é carteiro cá da aldeia vai p'ra mais de 20 anos ficou de olhos esbugalhados e até teve que pedir ao compadre Ajuda que o nome já diz tudo para lhe carregar a sacola mas o Sr Cura chamou-me lá por causa das flores para o casamento da Ritinha e do Manuel que é já no domingo e por isso só agora aqui vim.

Ai riquinhos que me estragam com mimos e eu não sou merecedora de tanto até porque nem fiz nada de mais para estarem para aí com essas coisas todas mas que estou muito contente lá isso é verdade e cada vez gosto mais de todos.

Mas hão-de vossemecês pensar o que é que isto tudo tem a ver com o meu Zé e com o meu burro Jeremias mas devagar se vai ao longe e aguentem um bocadinho que eu já conto tudo.

Então lá vai.
O meu burro apesar de ser burro é mais esperto que muita gente que diz que pensa e é como se fosse da família só falta dormir cá em casa que isso eu nunca deixei porque é uma grande sujeira e não se aguentava o cheiro mas tem um grande defeito tal qual o meu homem que eu até costumo dizer que ele é teimoso como um burro.

Ora o ano passado viveu cá um mestre-escola que coitadinho até teve sorte porque foi colocado a 350km da aldeia dele mas sempre foi melhor do que ficar sem trabalho e que por via disso mesmo cismou que havia de ensinar à gente estas coisas da Internete para ocupar os fins-de-semana que eram quase todos em que não ia matar saudades à terra dele e então como eu estava dizendo lá fui eu e mais umas vizinhas aprender as artes que é como a gente chama a isto aqui na aldeia.

O meu homem que quase nunca fala, botou palavra e disse que era para eu não ir porque isso não eram coisas de mulher casada e disse mais:
- Mulher minha não vai por aí!

Até me lembrou uma coisa que eu ouvi da boca do tal mestre- escola e que me ficou no ouvido até hoje e que se a memória não me falha foi um tal de Sr. Régio que morava noutra aldeia e que pelos vistos era senhor do seu nariz que dizia mais ou menos o mesmo mal comparado valha-me nossa Senhora.

O que ele me foi dizer meu ricos meninos. Então eu que nunca olhei p'ro lado que sempre lhe arranjei a janta a tempo e a horas trato-lhe da roupa toda que ele anda sempre num brinco e agora estava a querer mandar em mim? 

Lembrei-me logo do meu burro que quando a gente o puxa para um lado ele vai para o outro e fiz o mesmo que ele.

Em santa hora me veio essa lembrança porque se não fosse o meu burro eu não estava aqui a escrever aos meus santinhos.

Eu que sou mulher séria e não sou de andar na taberna como eu sei que há p'ra aí muitas já para não falar de outras coisas do demónio que até me fazem arrepios só de pensar nelas, sou devota e até ajudo o Sr Cura, posso não saber muito bem para onde vou mas sei que não vou por onde ele me mandar.

Tenho dito

Beijinhos a todos e até qualquer dia se Deus quiser

Desta que se assina Beata da Aldeia


Como vai a minha vidinha:

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 20:21
link do post | Escreve à Beata | favorito
|

29 comentários:
De FELINO a 8 de Outubro de 2007 às 20:39
Olá D. Beata.
Até que em fim já vejo qualquer coisinha. Ora estemos a falar de teimosia, ora mulher que se preze é teimosa que nem uma mula (salvo seja) e sem ofensa. Vá lá rezar dois pai nosso só por causa desta blasfemia.
Que coisas do demónio me fala, o pecado é sempre o que sabe mellhor ao não será?
Bem a noite cai e eu tenho de ir jantar.

Permita-me lhe mandar um beijinho


De Beata da Aldeia a 9 de Outubro de 2007 às 16:24
Ora então lá venho eu responder às cartas dos meninos e começo por si menino Lince que até pensava que esse bicho estava extinto mas pelos vistos ainda bem que não.

Tem que rezar muito meu filho porque cá na minha ideia o demónio anda à sua beira e a tentá-lo com falinhas mansas como só ele sabe fazer às boas almas

Ainda bem que já não precisa de ir aos garrafões para ler a minha carta

Um beijo na sua testa em sinal de respeito que cá a Beata da Aldeia não é para abusos


De FELINO a 9 de Outubro de 2007 às 22:53
Olá D. Beata!
O menino Felino e não Lince, queira saber que ainda há alguns por aí, eu e talvez outro mas noutra blogosfera coisas modernas que eu não lhe quero complicar a sua cabeça.
Eu não tenho medo do demónio não se preocupe D. Beata eu como Felino já estou habituado.
Não me julgue nem me ponha nenhum carimbo na testa porque nunca faltei ao respeito e não é essa a minha intenção.
Um beijo nas costas da sua mão e peço a sua bênção...


De Visitante a 8 de Outubro de 2007 às 21:47
Uma vez mais boa noite, Dona Beata

Acho muito bem que a Senhora faça pela vida e escreva na Internete.

Já lá vai o tempo em que as mulheres ficavam em casa a coser meias com o ovo de madeira... Agora têm o micro-ondas para cozer ovos a meias com outra comida qualquer.

Um fervoroso e respeitoso beijinho nas costas da sua mão
Visitante


De Beata da Aldeia a 9 de Outubro de 2007 às 16:33
Aqui está de visita à minha aldeia a cara mais laroca que estes meus olhos que a terra há-de comer viram nos últimos anos

Olhe cá meu bonitão eu ainda coso as meias ao meu Zé porque ele só gosta de meias usadas e lá por isso não quer dizer que não seja uma Beata das mais à moda cá da aldeia

Já pedi ao meu homem um micro ondas ou lá como é que isso se chama que a minha comadre já lá tem um em casa, mas isso é que ele não me compra porque diz que tem medo de andar de avião

Aceito o seu beijinho porque é respeitadador e rico filho não se esqueça aqui da Beata que já tem a tal moldura com o seu retrato em cima da televisão

Cá o espero um dia destes


De Visitante a 9 de Outubro de 2007 às 22:09
Olá D. Beata

Espero em breve fazer-lhe uma visitinha na aldeia.

O Sr. Padre Cura que se prepare para tocar a rebate.

Beijo respeitador e fervoroso nas costas da mão
Visitante


De Cristal a 8 de Outubro de 2007 às 22:21
Agora é que são elas, que hei-de escrever a tão famosa Beata???????
Melhor mesmo e nem escrever e dexar só cá um sinal que a mulhere do nuorte carago cá esteve a fazer uma visita a tão "grandiosa" casa
Adorei o que li ...
Beijos cristalinos de uma


De Visitante a 8 de Outubro de 2007 às 23:01
Pruonto...

Têinha de puôr aqui o cachicuol azúele, carago!!!

Ora tuóma!!!!



De Cristal a 9 de Outubro de 2007 às 08:27
Ohhhh seu Mâuro tem algo contra o meu cachecol?????
para não se meter com uma dragona
Peço desculpa á Sra.Dona Beata por tamanha indelicadeza de vir para aqui " guerrerar" com tamanho e ilustre Sr.Soutor de Visitante mas ele gosta muito de me "picar"


De Beata da Aldeia a 9 de Outubro de 2007 às 16:43
Ó menina então havia lá eu de me importar com essas coisas eu cá gosto é de algria que para tristezas já chegam aquelas que a gente sabe



De Visitante a 9 de Outubro de 2007 às 22:14
Aqui está uma resposta condigna à menina Cristal:



hehehehe

Baijinho do Gaijo da Tèarra dos Mâuros... hmmm... nas cuostas da tua mom, puois estámos nâutro bluógue!!!

Bisitánte


De Beata da Aldeia a 9 de Outubro de 2007 às 16:41
Fico mesmo honrada com a sua visita menina Cristalina apesar do azul não ser a minha cor preferida porque como eu já expliquei na carta ao menino Infinito gosto é do rosa a atirar para o arroxeado mas até me vou passar a lembrar de si sempre que olhar para o azul do Céu.

Um dia destes vou p'ros lados da sua aldeia que se não me engano fica p'ra cima daquele grande rio Tejo e que é onde vive um primo afastado do meu homem que aparece muito na televisão quando ela aí vai e que não tem vergonha nenhuma na cara e verdade seja dita também não tem dentes quase nenhuns

A menina Cristalina deve saber de quem estou a falar que ele é muito conhecido

Um grande beijinho também p'ra menina que gostei mesmo que aqui passasse


De Cristal a 9 de Outubro de 2007 às 20:47
Agora apanhaste-me e até fquei a pensar quem será tamanha figura ilustre
Visitantinho ajuda aqui a eu ,a descubrir quem é ahahahahaha eu pensei num "cromo" mas nao sei não


De Visitante a 9 de Outubro de 2007 às 22:19
Cristal:

Hmmmm ... pensas muito... coças a cabeça... isso faz-te dores nas costas... precisas de um ... EMPLASTRO...

Não é isso, Dona Beata?

Visitante


De Cristal a 9 de Outubro de 2007 às 22:42
Xiiiiiiiiiiiiii lestes-me o pensamento, cum carago és bruxo?????????????
Ahahahaahahahah um ganda Sr.Bruxo


De Visitante a 9 de Outubro de 2007 às 23:13
Nom...

Apêanas um podêar de deduçom semelhánte ao do Shearluock Huolmes, carago!

Baijinho
Bisitante


De Cristal a 8 de Outubro de 2007 às 22:21
Agora é que são elas, que hei-de escrever a tão famosa Beata???????
Melhor mesmo e nem escrever e dexar só cá um sinal que a mulhere do nuorte carago cá esteve a fazer uma visita a tão "grandiosa" casa
Adorei o que li ...
Beijos cristalinos de uma


De Cristal a 8 de Outubro de 2007 às 22:24
Ate dupliquei o comentario sorry


De Beata da Aldeia a 9 de Outubro de 2007 às 16:46
A menina gostou tanto que até escreveu duas cartas mas eu até que gosto, cá o Ti carteiro é que anda de cara à banda, desculpe o à vontade, que parece que toda a gente lhe deve e ninguém lhe paga


De Cristal a 9 de Outubro de 2007 às 20:50
Pois o meu carteiro a mim so trás é contas para eu pagar mas também com a cara de poucos amigos que tem, duvido muito que lhe fiquem a dever


De Visitante a 10 de Outubro de 2007 às 21:41
Oh Muelhear do Nuorte

Eu benhe te imâegino a cauntáere aquéala múesica do Antuónio Máefra chamáeda "o Caertáiro":

Chegou o carteiro
das nove p´ras dez
a vizinha do lado
de roupão enfiado
chegou-se à janela
em bicos de pés
e logo gritou:
"Traz carta p´ra mim?"
e o carteiro que é gago
espera um bocado
e responde-lhe:
"Não não não não não
não não não trago nada
só só só só só
só trago o pacote
da sua criada"

(excerto de "O Carteiro", de António Mafra)

E o máies eangraçáedo é a Duona Biáeta a acuompanháere a bâetida caum o cajáedo do seue Zéa...


De Margarida a 9 de Outubro de 2007 às 08:26
Ora aqui está uma mulher de
Apoiado D.Beata, vamos por onde formos, jamais iremos por aí.......
Assim é que se fala.
Tome lá uma,com um repenicado beijinho


De Beata da Aldeia a 9 de Outubro de 2007 às 16:50
Margarida Margarida tenha cuidado que eu ainda não tive tempo de comprar o tal tapete que lhe prometi mas cá no meu entendimento eu fiz muito bem e pelos vistos a menina também é dessa opinião

Ora querem lá ver a mania dos homens a querem mandar nas mulheres?

Isso era dantes não acha a menina?



De M.Abreu a 10 de Outubro de 2007 às 10:49
Bom dia D. Beata

Não, não sou familiar do Sr. Dr. Médico Abreu, e também não sou médico, mas olhe, fique sabendo que gostava de ser médico, quem sabe se lhe podia tratar da saúde… mas não sou médico, talvez o outro Abreu lhe trate da saúde! Que pena!!!

Mas a minha carta não era muito comprida, coitado de mim, até fiz um enorme esforço para não me alargar muito nas palavras, quando escrevi aquela cartinha, até pensei cá para os meus botões: - que cartinha tão pobrezinha (pequena) – e a Srª Beata merecia mais umas palavrinhas, mas o tempo não era muito, sabe como é a vida nas cidades, bem, se calhar não sabe, mas é uma corrida constante, é o trânsito complicado, são os transportes públicos cheios, enfim, nada mesmo nada parecido com a sua aldeia aonde a vida é calminha… que inveja tenho de si!

E já agora diga-me uma coisa, a menina da farmácia é boazinha?... Pronto, já sei que vais ficar a pensar outras coisas…. Quando lá for à farmácia peça à menina para lhe falar na Madre Teresa, certamente que a conhecerá.

Sabe, a Madre Teresa de Calcutá é uma Beata da Igreja (portanto, sua colega!) e está a caminho da Santidade, de chegar ao Altar como Santa, gostava muito dela, foi muito boazinha, olhe, como eu gostava que o mundo fosse todo assim, acredite que viveríamos no mundo melhor, num mundo de paz e amor e não de guerra e de ódio, mas infelizmente não é assim, vivemos num mundo de competição egoísta, de uma luta desenfreada, de inveja, de ódio, de maldade e nem as vossas preces contribuem para que o mundo seja melhor!

Santa Teresa de Ávila e Santa Teresinha do Menino Jesus são duas santas carmelitas Doutoras da Igreja muito veneradas por todo o mundo, e até o grande pregador Padre António Vieira num dos seus famosos sermões disse:

Gloriosa Teresa, terra onde vós estais e onde a devoção dos moradores tanto vos venera, segura pode estar de ser sovertida. Convertida, sim; sovertida, não. Por meio de Jonas converteu Deus a Nínive, e era Jonas tão imperfeito naquele tempo, que desobedecia a Deus e fugia dele. Mas tanto pode a força da graça! Quando vós, santa, vivíeis na terra, o maior emprego de vossas orações era encomendar os pregadores a Deus, para que convertessem e levassem a ele muitas almas, como vós levastes tantas. Oh! quem merecera nesta hora um raio da vossa luz e um assopro do vosso espírito!

Pois é minha amiga Beata, o Demónio espreita a cada esquina, a tentação para o pecado
é forte e por vezes mesmo que se não queira, olhe, acontece, lá cometemos um pecadozinho, mas nada que uma confissão não resolva, só que lá temos que ir rezar 150 Ave-marias e 100 Pai – Nossos, mas vale a pena o sacrifício, pelo menos limpamos o nosso cadastro divino!

Olhe minha querida amiga, peço-lhe desculpa por tão poucas palavras, mas o tempo não dá para mais, mas fique sabendo que a admiro muito, e que é pena não haver mais pessoas como a Senhora, pois de certeza que com as vossas devotas e sapientes preces o mundo um dia será melhor do que hoje.

Fique bem, fique na paz do divino espírito santo e da santíssima trindade e não olvide jamais que as suas preces não serão em vão, por isso, muita fé!

Com consideração

M.Abreu






De Margarida a 10 de Outubro de 2007 às 13:09
Cara D.Beata
Vim desejar-lhe um bom dia e dizer-lhe que arranjou aqui no Sr.Abreu,um parceiro à sua medida.Será que também ele ajuda a missa?
ou quiçá,será ele mesmo cónego!!!!
outra hipotese que eu pensei é que o Sr.Abreu dorme com a Biblía ,como almofada...enfim gostos!


De M. Abreu a 10 de Outubro de 2007 às 14:57
Dona Margarida

Obrigado por me considerar "um parceiro à altura da D. Beata " , é de facto elogioso para mim, ler isso da vossa parte, mas permitam-me que lhe diga: - é uma consideração muito piedosa - pois pelo que vejo - ou melhor, pelo que leio - e sendo eu, um pobre, sim um pobre pecador que procuro a cada dia me redimir dos meus pecados, não estarei de modo algum à altura de ser parceiro na comunhão dos santos sacramentos da santa madre igreja da D. Beata;

Quem sou eu?.... alguém que procura transmitir ao próximo e neste caso, à próxima, palavras de paz, de amor e de tranquilidade (sem quer fazer concorrência ao Paulo Bento), mas tem de ser o objectivo de todos nós que o mundo um dia deste seja um mundo de todos de mão dadas, comugando os mesmos sentimentos de fratenidade e de amor!

Acredite sinceramente, não gosto muito da imagem da "barraca a abanar", não dá bom aspecto!

Fique bem, fique na paz do Senhor e estou certo que ELE a acompanhará e protegerá no dia a dia, mas a Margarida deve-lhe tb as suas preces... sabe, há sempre contrapartidas!...

Um grande Bem haja

M.Abreu


De Margarida a 10 de Outubro de 2007 às 16:12
Penso que nenhum de nós estará cá para ver isso, Sr Abreu, eu até que ia gostar o mundo ser rodeado pelos seus habitantes todos de mão dada ao redor dele....hummmmmmmmmmm!!! enfim, não sei bem como fariam aquelas pessoas que não têm mãos, mas tambem não interessa, eu entendi a ideia.....Mas fiquei sem saber se o Sr.Abreu ajuda na missa, ou se dorme com a sagrada Biblia como almofada.....eu já estou como a D.Beata-a divagar.
Desculpe a curiosidade Sr.M.Abreu , espero que entenda esta minha curiosidade.
Será que o Sr Abreu anda a mangar com a D.Beata e é o Cura da Aldeia da encapuçado?
É que falam os dois a mesma linguagem e seguem a mesma linha de raciocínio ,em relação aos pecados.às parábolas etc e tal......
Queira desculpar Sr Cura ..opssss desculpe Sr Abreu a minha irreverência....eu sou mesmo assim sem "cura"


De Beata da Aldeia a 10 de Outubro de 2007 às 19:39
Nem sabem como eu fico contente por ver que os meninos e meninas se escrevem uns aos outros , não há-de andar o Ti Carteiro com aquelas trombas todas com tanta carta


De Beata da Aldeia a 10 de Outubro de 2007 às 19:35
O menino Abreu apesar de afinal não ser da família cá do Sr. Dr. Médico podia muito bem vir fazer as férias do Sr. Cura quando ele vai para os retiros da alma até que parece que andou no seminário pois tem mostrado muito saber.

Eu até pensava que não havia anjos na terra mas afinal a menina de Azul diz que sim e que o menino deve ser um Anjinho que apareceu aqui na minha aldeia p'ra nos proteger a todos.

Bem haja meu Anjinho


Escreve à Beata

Escrevam à Beata ricos filhos
Vem cá ver a Beata da Aldeia

adopt your own virtual pet!
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Cartas fresquinhas

O Tempo Tanto Anda Como D...

A Beata vai voltar!!!

Até p'ro Ano

Não se deixem enganar

Feliz Natal e muita saúdi...

O Natal não tarda aí

Ajudem o Planeta a Respir...

O Novo Aeroporto

Pelo S. Martinho, prova o...

A boa caridade começa em ...

Sábado dançante na aldeia

Que grande pesadelo

Protejam-se das bruxas qu...

Assombração na aldeia

Os pedidos do Sr. Padre C...

De candeias às avessas

Não há formosura sem ajud...

O rir e o folgar não é pe...

Enquanto há saúde quedos ...

Mas que grande aflição

Cartas com bicho

Maio 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

aeroporto

agradecimento

água pé

aldeia

alegria

alhos

amigos

ano novo

árvores

assombração

bailarico

baile

beleza

benzeduras

blog

bruxas

burro

caridade

carta ao pai natal

cartas

cartas ao pai natal

casamento

castanhas

chuva

clima

cólicas

dançar

dia da floresta

dia das bruxas

domingo

esmolas

folgar

gasolina

histórias

homem

igreja

internet

magusto

mau olhado

medo

mulher

natal

net

noite

notícias

noticias

padres

pedidos

pesadelo

piaçaba

presentes

receitas

regresso da beata

rezas

roubo

s. martinho

sábado

são m. abreu

saúde

selos

sol

sr cura

tempo

testes

vida

zanga

todas as tags

últ. comentários
Anda tudo a correr me mal.Aparelhos avariam se sem...
Adoro o teu blog, ando sempre a ver as novidades, ...
Cuernos y herraduras también los utilizamos por es...
Visita o blog :http://rittiinha.blogs.sapo.pt/Obri...
Já estamos no Outono Boa Noite
Querem ver que a Beata foi de férias prolongadas?
A chuva já parou.o sol veio para ficar.A gasolina ...
Beatachamou a minha atenção - não por ser beata - ...
Venho pedir um grande favor:se me pode dizer quem ...
Enganei-me!!!!!!!!!!Um pocinho de petróleo...rsrs ...
mais comentados
RSS