Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007
Até p'ro Ano

0000t78r

 

 

Ricos filhos

Hoje acordei num grande alvoroço porque vai haver festa na aldeia com fogo de artifício e tudo  a expensas do nosso Presidente da Câmara que nestas alturas a gente quer é diversão que o resto logo se vê quando entrar o ano novo  porque o povo precisa de esquecer as agruras desta vida nem que seja uma vez por ano.

 

Estou mesmo endiabrada e comecei a treinar logo pela fresquinha e a piscar o olho p'ro meu Zé  que acordou sobressaltado com a música em altos berros porque depois do fogo segue-se o bailarico e eu sou danada para dar um pezinho de dança mas desta vez não quero cá encostos por causa das pisadelas que ele me dá.

 
 

Adivinhem meus santinhos quem vem alegrar a festa?

 

- O meu querido Cara Laróca que vem tocar e cantar p'ra gentes da minha aldeia.

 

Como deveis calcular estou que nem me aguento de tanta satisfação que o meu coração quase me salta da boca para fora e caso queiram vir não se façam rogad0s que a entrada é de graça.

 

Quero que saibam da minha estima por todos e da alegria que me dão por continuarem a ser meus amigos e vou pedir aos Santinhos que o Novo Ano vos traga tudo o que há de bom.

 

Muitos beijinhos repenicados

 

Desta vossa Beata da Aldeia que vos adora

 

Até p'ro Anoooooooooooooooooooo

 

 

 

 

 

 

 


Como vai a minha vidinha: endiabrada

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 10:09
link do post | Escreve à Beata | Ver as cartas (9) | favorito

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007
Não se deixem enganar

Então meus santinhos? O vosso Natal decorreu com muita paz e saúdinha?


Quero que saibam que entreguei as vossas cartinhas todas ao carteiro do Pai Natal e caso ele não tenha atendido os vossos pedidos, podem fazer as vossas reclamações aqui porque ele enviou-me o Livro de Reclamações que agora é obrigatório para tudo.


Aqui a vossa Beata abusou tanto da comida que até teve de chamar de urgência o Sr. Dr. Médico cá da aldeia para fazer melhor a digestão que a idade não permite excessos mas também é uma vez por ano e perdoa-se o mal que faz pelo bem que sabe.


Aliás, nem sei como vai ser a partir de hoje porque os tais senhores que nos (des) governam  resolveram fechar o posto de saúde onde a gente vai quando a saúde nos falta e logo agora que a saúde cada vez nos falta mais tal como o dinheiro que cada vez é menos mas pelo contrário o que não faltam é bancos a abrir em cada esquina.


Alguém entende este (des) governo?


Eu não entendo e pelo que tenho ouvido o povo também não mas mesmo assim reclama porque pelo menos descarrega o fígado e por enquanto ainda ninguém vai preso por se manifestar e por isso  temos que aproveitar não vão eles mudar de ideias e começar a encher as prisões como faziam antigamente.



Mudando de assunto eu hoje fui visitar algumas aldeias e chamou-me a atenção uma carta que a menina Mariazinha escreveu e que eu não percebi nada, porque estava escrita em estrangeiro.


Como sou muito curiosa pedi ao Sr. Mestre-Escola que me explicasse que letras eram aquelas e então fiquei a perceber que era uma espécie de teste para se ficar a saber  quantos cursos tinham as pessoas  que escrevem na internet .


Ora, como muito bem sabeis, aqui a vossa Beata, é de poucas letras e muitas falas e vejam  que me saíu na rifa : -   " Genius "

 

Fiquei de boca aberta e aqui vos digo que não gosto nadinha porque um dia me entrou uma mosca e fiquei numa aflição que até hoje sonho com isso mas  perguntei logo ao Sr. Mestre-Escola o que queria dizer aquilo.


- D. Beata, disse ele revirando os olhos, a acreditar neste teste a Senhora é um génio!

- Eu? Respondi, novamente de boca aberta mas a vigiar as moscas

- Sim, a Senhora. Não vê  o desenho?

- O que eu vejo é uma mioleira que até costumo comprar ali no Zé do Talho, para fazer com ovos mexidos que o meu Zé gosta muito

- Aquilo é um cérebro e significa que é preciso ser muito instruído para perceber o que a Senhora escreve.


Voltei-lhe as costas e nem lhe agradeci porque cá para mim ele estava a mancar comigo e decidi que nunca mais iria em conversas destas de fazer testes na Internete porque isto é para gozar com a gente.


Até qualquer dia meus riquinhos que já me estou a preparar para o Ano Novo.


A minha benção para todos e o beijnho repenicado do costume



Da vossa Beata da Aldeia



 

 

 

 


Como vai a minha vidinha:

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 22:01
link do post | Escreve à Beata | Ver as cartas (3) | favorito

Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007
Feliz Natal e muita saúdinha

 

Queridos amiguinhos

Primeiro que tudo venho dizer-vos que as vossas cartas já foram todas entregues ao Pai Natal e sei que ele já está a tomar nota de todos os pedidos que me encarregaram de fazer.

Estejam descansadinhos que eu confio muito nele e na noite de Natal pela certa vão ter o sapatinho cheio de presentes se bem que há algumas coisas que os meninos pediram que pela certa vão ser difíceis que ele consiga dar, porque desde que o mundo é mundo sempre existiram e não há meio de acabar com elas como sabeis.

 

Quero que saibam que vos estimo muito a todos e que vos desejo um Santo Natal com muita saúde e paz  e nunca se esqueçam que a vossa Beata  pede por todos nas suas orações.

 

Quero também agradecer o vosso carinho p 'ra comigo porque mesmo eu não podendo responder às vossas cartinhas como fazia dantes,  parte- se-me o coração sempre que aqui venho e leio o que me escrevem.

 

Um grande beijinho repenicado e muitas felicidades que eu cá fico com o meu Zé, a minha porca Miquelina e o meu burro Jeremias a celebrar o Natal porque infelizmente é a família que me resta.

 

 

Da vossa Beata da Aldeia

 

(Não abusem dos doces, está bem?)

 


Como vai a minha vidinha:

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 21:49
link do post | Escreve à Beata | Ver as cartas (9) | favorito

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2007
O Natal não tarda aí

Meus santinhos

 

Ainda me encontro muito afanada mas graças a Deus hoje senti que as forças já me estavam a querer voltar que também não era sem tempo porque faço cá muita falta para alegrar as gentes já p'ra não falar do meu Zé, coitadinho que não sabe já o que fazer comigo.

 

O Sr. Dr. Médico proibiu-me de vir escrever aqui na internet porque andam desconfiados que eu apanhei uma pontada de ar nas costas naquela noite em que estive aqui a escrever-vos com a janela aberta e esta aragem da noite é muito traiçoeira como sabem e o resultado está bem de se ver, mas eu tenho na ideia escapar-me de vez quando porque tenho muitas saudades vossa e cá para mim aquilo foi invenção do meu homem que como sabeis não se conforma com estas modernices.

 

Mas deixemo-nos de choradeiras que para isso basta a vida que cada vez está mais ruim de se viver e ainda por cima nesta altura do Natal em que sempre se compra qualquer coisinha a mais do que é costume comprar-se e as reformas são uma miséria como sabeis.

 

Meus queridos filhos a vossa Beata está a preparar-se para o Natal e o trabalho na paróquia que está aí para vir, nem vos conto mas eu cá gosto muito de enfeitar as casas e a Igreja e fazer a àrvore de Natal com aquelas bolas todas às cores e as luzes a acender e a apagar que é um regalo de se ver.

 

Gostava muito de receber as vossas cartas para o Pai Natal, por isso se confiarem nesta simples Beata da Aldeia, podeis escrever o que mais queriam de presente que eu agarro nelas todas e podem ter a certeza que as vou entregar em mão que já fiz um acordo com o carteiro dele.

 

Fico à espera, está bem?

 

 

Beijnhos repenicados                                

 

Desta que se assina

Beata da aldeia 

 


Como vai a minha vidinha: melhorzinha

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 20:51
link do post | Escreve à Beata | Ver as cartas (11) | favorito

Escrevam à Beata ricos filhos
Vem cá ver a Beata da Aldeia
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Cartas fresquinhas

O Tempo Tanto Anda Como D...

A Beata vai voltar!!!

Até p'ro Ano

Não se deixem enganar

Feliz Natal e muita saúdi...

O Natal não tarda aí

Ajudem o Planeta a Respir...

O Novo Aeroporto

Pelo S. Martinho, prova o...

A boa caridade começa em ...

Sábado dançante na aldeia

Que grande pesadelo

Protejam-se das bruxas qu...

Assombração na aldeia

Os pedidos do Sr. Padre C...

De candeias às avessas

Não há formosura sem ajud...

O rir e o folgar não é pe...

Enquanto há saúde quedos ...

Mas que grande aflição

Cartas com bicho

Maio 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

aeroporto

agradecimento

água pé

aldeia

alegria

alhos

amigos

ano novo

árvores

assombração

bailarico

baile

beleza

benzeduras

blog

bruxas

burro

caridade

carta ao pai natal

cartas

cartas ao pai natal

casamento

castanhas

chuva

clima

cólicas

dançar

dia da floresta

dia das bruxas

domingo

esmolas

folgar

gasolina

histórias

homem

igreja

internet

magusto

mau olhado

medo

mulher

natal

net

noite

notícias

noticias

padres

pedidos

pesadelo

piaçaba

presentes

receitas

regresso da beata

rezas

roubo

s. martinho

sábado

são m. abreu

saúde

selos

sol

sr cura

tempo

testes

vida

zanga

todas as tags

últ. comentários
Anda tudo a correr me mal.Aparelhos avariam se sem...
Adoro o teu blog, ando sempre a ver as novidades, ...
Cuernos y herraduras también los utilizamos por es...
Visita o blog :http://rittiinha.blogs.sapo.pt/Obri...
Já estamos no Outono Boa Noite
Querem ver que a Beata foi de férias prolongadas?
A chuva já parou.o sol veio para ficar.A gasolina ...
Beatachamou a minha atenção - não por ser beata - ...
Venho pedir um grande favor:se me pode dizer quem ...
Enganei-me!!!!!!!!!!Um pocinho de petróleo...rsrs ...
mais comentados
RSS