Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007
Que grande pesadelo
Tinha que vos vir contar os pesadelos que me apoquentaram esta noite.
 
Não sei se foi do raio das bruxas que não me largam o pensamento, ou se foi  das migas com frituras de carne de porco que me deu p'ra comer ontem à noite, porque meus filhos, não sei se já vos tinha dito, mas aqui a vossa Beata, é mulher de muito alimento, não fora o caso nem eu tinha aguentado as cargas de trabalho que me couberam em sorte, quando vim a este mundo, que dizem que o destino está traçado desde que se nasce.
 
Então não é que me apareceram as bruxas todas a cantar e a dançar à minha roda e deram-me a beber de um caldeirão, um liquido azul que eu nunca tinha provado na minha vida, mas verdade seja dita até tinha o sabor daquele vinho que o menino Felino, trouxe ao Sr.Cura?
 
Eu não queria, mas a tentação foi forte e eu também não sou mulher para desdenhar uma boa pinga e por isso cá vai disto. Até parecia que era veludo a deslizar pela minha garganta abaixo.
 
Quando dei por mim, estava com o meu Zé agarrado pelo cabelo, que já não é muito porque atirou ao pai dele que morreu sem ter pêlo no corpo todo, Deus o tenha em descanso, e a beber do mesmo que eu, e meus ricos isto contado não dá para acreditar, mas não é que ele parecia que tinha o diabo no corpo, a correr atrás de mim e à roda das bruxas todas que até parecia que tinha 20 anos, tão remoçado que estava?
 
Graças aos santinhos que tudo não passou de um pesadelo pois quando acordei mal sabia em que aldeia estava,  até tive que me beliscar e então olhei p'ro meu lado esquerdo e lá estava o meu Zé a dormir descansadinho e a ressonar que nem um porco, como é hábito dele que era um regalo de se ver.
 
Isto das bruxas e de tanta gente a falar-me dos tais comprimidos azuis, é  no que dá.
 
Meus ricos filhos, não se esqueçam, é esta noite que elas atacam.
 
Vou acender uma velinha em vossa intenção.
 
 
 
 
 
 
 
Beijinhos repenicados e não se esqueçam das benzeduras e dos alhos á vossa porta.
 
 
Desta que se assina
 
 
Beata da Aldeia
 
 

Como vai a minha vidinha: a fugir do demónio

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 19:41
link do post | Escreve à Beata | Ver as cartas (14) | favorito

Domingo, 28 de Outubro de 2007
Protejam-se das bruxas que o dia delas está a chegar
Meu Santinhos
 
A vossa Beata hoje foi à missa das 8 da manhã, porque com isto da mudança da hora fiquei toda baralhada e não fui só eu, porque a minha porca Miquelina e o meu burro Jeremias já estavam numa aflição porque não me viram chegar à hora do costume e até devem ter pensado que eu os tinha abandonado, como as pessoas sem coração fazem com os seus cães e gatos quando vão de férias, mas eu cá, sou muito piedosa e nunca cometeria tal crueldade.
 
Vim a correr,  assim que o Sr. Padre Cura me dispensou, e  num frenesim tal que nem vos conto, para vos avisar que tenham muito cuidado porque as Bruxas estão a chegar não tarda.
 
Por isso, meus ricos filhos, como eu vos prezo muito e não quero que o demónio e as suas seguidoras Bruxas vos chamem para o seu reino de perdição, aqui estão algumas artimanhas e benzeduras que se usam cá na aldeia ainda eu não era nascida e que pela certa vos vão proteger nestes dias.
 
Deixo-vos algumas crenças aqui da aldeia e estai atentos, porque nunca se sabe:
- Se numa família nascerem sete mulheres, sem que nascesse um homem pelo meio dizia-se que a última ou a primeira era bruxa.
- Não se deve brincar com a própria sombra, porque pode provocar doenças.
- Também não se deve contar estrelas porque faz aparecer verrugas.
- Quando aparecem borboletas em volta da luz, diz-se que são bruxas.
- No caso de se matar algum gato seguir-se-ão sete anos de azar na vida.
 
 
Agora, tomai atenção, meus queridos filhos, ao mau olhado:
 

Diz-se que uma pessoa tem mau olhado quando anda sonolenta, sem alegria e sem forças, com dores de cabeça. e atentai que ele pode ser lançado sobre nós apenas com um olhar na maior parte das vezes  por inveja ou maldade.

Para evitar que isso aconteça, deveis proteger-vos fazendo figas ao passarem junto de pessoas de quem desconfiem ou usando protecções, de preferência : medalhas, figas, cruzes, cornichos.
 
Aqui vai uma reza para que o mau olhado vos não apoquente: 
 

Dois tu deitaram, três tu tiraram,
foram as três pessoas da Santíssima Trindade que são Pai, Filho, e Espírito Santo Amén.
Enleado seja quem te enleou.
Acanhado seja quem te acanhou.
Amarrado seja quem te amarrou.
Embruxado seja quem te embruxou.
Invejado seja quem te invejou, em louvor da Nossa Senhora e do Santíssimo Sacramento, que este mal vá para fora e venha o bem para dentro.
Assim como a Virgem é pura assim tira o mal a esta criatura.
O sol nasce na serra e põe-se no mar de onde este mal veio há-de para lá voltar.
 
Um rico Domingo para todos e não se esqueçam de rezar muito para não ficarem embruxados, que aqui a vossa Beata sabe do que fala, apesar do o Sr Cura estar sempre a pregar que não há bruxas, mas que as há, Há.
 
Beijinhos repenicados
 
Desta que se assina e vos avisa
 
Beata da Aldeia
 
 

Como vai a minha vidinha:

Carta escrita pela Beata da Aldeia às 11:21
link do post | Escreve à Beata | Ver as cartas (31) | favorito

Escrevam à Beata ricos filhos
Vem cá ver a Beata da Aldeia
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Cartas fresquinhas

Que grande pesadelo

Protejam-se das bruxas qu...

Cartas com bicho

Maio 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

aeroporto

agradecimento

água pé

aldeia

alegria

alhos

amigos

ano novo

árvores

assombração

bailarico

baile

beleza

benzeduras

blog

bruxas

burro

caridade

carta ao pai natal

cartas

cartas ao pai natal

casamento

castanhas

chuva

clima

cólicas

dançar

dia da floresta

dia das bruxas

domingo

esmolas

folgar

gasolina

histórias

homem

igreja

internet

magusto

mau olhado

medo

mulher

natal

net

noite

notícias

noticias

padres

pedidos

pesadelo

piaçaba

presentes

receitas

regresso da beata

rezas

roubo

s. martinho

sábado

são m. abreu

saúde

selos

sol

sr cura

tempo

testes

vida

zanga

todas as tags

últ. comentários
Anda tudo a correr me mal.Aparelhos avariam se sem...
Adoro o teu blog, ando sempre a ver as novidades, ...
Cuernos y herraduras también los utilizamos por es...
Visita o blog :http://rittiinha.blogs.sapo.pt/Obri...
Já estamos no Outono Boa Noite
Querem ver que a Beata foi de férias prolongadas?
A chuva já parou.o sol veio para ficar.A gasolina ...
Beatachamou a minha atenção - não por ser beata - ...
Venho pedir um grande favor:se me pode dizer quem ...
Enganei-me!!!!!!!!!!Um pocinho de petróleo...rsrs ...
mais comentados
RSS